Entretenimento

Entretenimento

Esportes

Esportes

Notícias

Notícias

Tecnologia

Tecnologia

Vídeos

Vídeos

Página ínicial » Notícias

Médico de Michael Jackson se declara inocente da morte do cantor

Postado por em terça-feira, 9 Fevereiro 2010Nenhum Comentário

Promotoria indiciou médico por ‘homicídio involuntário’.
Junta médica pede revogação de sua licença profissional.

Conrad Murray se entrega à Justiça em Los Angeles (Foto: Jason Redmond/AP)

O médico particular de Michael Jackson se declarou inocente da acusação de ‘homicídio involuntário’ na morte do cantor.

Conrad Murray, se apresentou nesta segunda-feira a uma corte no aeroporto de Los Angeles.

A fiança foi estabelecida em US$75 mil. Murray teve de entregar o passaporte e foi levado sob custódia para ser registrado.

Segundo o site TMZ, Murray também foi proibido de receitar anestésticos a pacientes. “Eu não o quero sedando as pessoas”, disse o juiz. Uma junta médica pediu a revogação da licença profissional do cardiologista.

Uma nova audiência foi marcada para o da 5 de abril, no tribunal central de Los Angeles.

Acusação

Nesta segunda, Murray foi acusado formalmente de “homicídio involuntário” (culposo) na morte de Michael Jackson. Se condenado, ele pode pegar até quatro anos de prisão. “Nós vamos pagar fiança, declarar inocência e lutar como o diabo”, disse Ed Chernoff, um dos advogados de defesa de Murray.

A família de Michael Jackson estava presente à corte do aeroporto de Los Angeles, local determinado pela Justiça para a rendição de Murray. Estavam lá Katherine e Joe Jackson, mãe e pai do cantor, além dos irmãos Jermaine, Randy e LaToya. “Em busca de justiça”, disse Joe Jackson aos repórteres enquanto entrava no tribunal.

Horas antes, a promotoria apresentou sua acusação formal que diz que Murray “matou, sem malícia e contra a lei”, Michael Jackson. Segundo um documento da promotoria, ele “cometeu um ato ilegal, não um crime sério” e o fez “sem o devido cuidado e circunspecção”.

O propofol, aliado a outros medicamentos, aparece como causa da morte do popstar em relatórios forenses.

O site de celebridades TMZ divulgou o documento da acusação. Veja abaixo:

Reprodução de documento da promotoria de Los Angeles, publicado pelo site TMZ, que indica o indiciamento de Conrad Murray pelo 'homicídio involuntário' de Michael Jackson (Foto: Reprodução)






Publicidade

Deixe o seu comentário

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback do seu próprio site. Você pode também se inscrever a este comentário via RSS.

Dicas; Seja simpático. Mantenha o post limpo. Permaneça no tópico dos comentários. E nada de spam heim!




Você pode usar essas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O gravatar está ativado você pode usar o seu, se você não tem um Faça o seu gravatar aqui.