Entretenimento

Entretenimento

Esportes

Esportes

Notícias

Notícias

Tecnologia

Tecnologia

Vídeos

Vídeos

Página ínicial » BBB, Entretenimento

Entidade de defesa dos gays teme que opinião de Dourado influencie público

Postado por em quinta-feira, 25 Fevereiro 2010Nenhum Comentário
Reprodução/Globo.com Dourado

Reprodução/Globo.com Dourado

Marcelo Dourado gerou uma série de debates com suas declarações sobre os homossexuais do BBB, principalmente Angélica. Além de dizer que apenas os homens gays podem se contaminar com o vírus da Aids, ele chegou a se levantar da mesa de refeições durante uma conversa entre Lia e Serginho sobre a noite gay.

Segundo o coordenador técnico do Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, Júlio Moreira, o gaúcho representa o estereótipo do homem brasileiro, ao afirmar sua masculinidade a qualquer custo e se mostrar extremamente machista. E seu grande problema seria exatamente esse.

“Isso é um elemento que acaba se destacando no imaginário popular, ainda mais na televisão, e temos medo de que forme a opinião de parte da população”, diz.

Segundo Moreira, a grande preocupação da organização não governamental, que tem como missão atuar em favor da livre orientação sexual, é a de que Dourado possa influenciar o pensamento preconceituoso. “Não é contra a pessoa dele, mas contra o que ele pode consolidar no Brasil”, afirma, acrescentando que a população sem escolaridade pode acabar aceitando o que o ex-lutador diz pelo simples fato dele estar na televisão. “O que ele disse em relação ao uso de preservativos e AIDS é um absurdo”, afirma.

Uma pesquisa realizada pela Habbo Hotel, a maior rede social voltada para adolescentes do mundo, com mais de 36 mil jovens, aponta que o preconceito tem começado cedo. Os dados demonstram que 24,72% dos participantes, a maioria, não querem ver homossexuais assumidos nos realities brasileiros.

A fama de homofóbico de Dourado, que disse sentir nojo de Angélica, última eliminada do programa, é negada por sua assessoria, mas chegou a sites internacionais. Na última terça-feira, 23, com o gaúcho emparedado, o cantor Boy George pediu, via Twitter, votos para que ele fosse eliminado e o site gay americano “The Advocate” também falou sobre o assunto. Ainda na Internet, há quem diga que o debate sobre seu comportamento pode chegar ao programa da apresentadora Oprah Winfrey.

Para Moreira, essa é uma ótima oportunidade de falar sobre o tema abertamente. “Se isso, de fato, chegar à mídia internacional, será interessantíssimo. Todo mundo vai ganhar com isso”, diz.

O coordenador revela que conhece homossexuais que torcem para o ex-lutador e acredita que é a personalidade forte de Dourado que atrai o público. Mas, para ele, os outros brothers são mais interessantes do que Dourado. “Cadu, por exemplo, é fortão, mas também é sensível e aberto a novos relacionamentos”, diz, acrescentando que Eliéser tem o mesmo perfil.

O comportamento dos heterossexuais dentro da casa é, segundo ele, normal. “Sinto que existe uma tentativa de proximidade e que, ao mesmo tempo, eles têm medo. Eles se empolgam, mas freiam com medo do que os outros vão pensar. Isso é normal para muitos héteros”.

Ele afirma que Michel é um bom exemplo de que o preconceito não está com nada. “Lidar com a diversidade não diminui o que eles são”, conclui.






Publicidade

Deixe o seu comentário

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback do seu próprio site. Você pode também se inscrever a este comentário via RSS.

Dicas; Seja simpático. Mantenha o post limpo. Permaneça no tópico dos comentários. E nada de spam heim!




Você pode usar essas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O gravatar está ativado você pode usar o seu, se você não tem um Faça o seu gravatar aqui.